Loading...
Instauração da Câmara de Internacionalização da ACAFE.
 

Instauração da Câmara de Internacionalização da ACAFE.

A principal premissa da internacionalização do ensino superior é a de que ela não deva ser um fim em si mesmo, mas antes uma das estratégias de desenvolvimento de um ensino de qualidade reconhecida em nível internacional.

 Por ensino de qualidade entenda-se um currículo, formal e informal, infundido de perspectivas internacionais e interculturais, capaz de proporcionar a seus estudantes a oportunidade de desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes que lhes possibilitem viver, trabalhar e transitar, com sucesso, na sociedade global.

Pesquisas internacionais comprovam hoje que, cada vez mais, os futuros universitários selecionam as universidades onde desejam estudar pelo posicionamento que as mesmas ocupem nos rankings internacionais. E o grau de internacionalização de uma universidade, a ser medido por vários indicadores como mobilidade docente e discente, internacionalização dos currículos, internacionalização no campus, número de artigos publicados em periódicos internacionais, entre outros, compravam que a internacionalização precisa urgentemente sair do nível discursivo para o de planejamento de um cenário educacional no qual a competição global é uma realidade.

É sabido, no entanto, que não há modelos prontos de internacionalização. As universidades, em cada país e de acordo com as políticas educacionais estabelecidas, buscam estratégias próprias de modo a responder, de acordo com suas peculiaridades institucionais e locais, às demandas e os desafios impostos pela globalização.

A aprovação unânime da Câmara de internacionalização pela Assembleia da ACAFE realizada no último 26/05, na UNIDAVI, vem comprovar a urgência das universidades comunitárias do Estado de Santa Catarina em criar um espaço de discussão de ações estratégicas e conjuntas de internacionalização sob o conceito de sistema comunitário, tratando-o como inovador e diferenciado.

A elaboração, aprovação e implementação uma Política de Internacionalização do Sistema ACAFE, elaborada a partir de diretrizes, objetivos e ações estratégicas conjuntas, certamente impactarão o desenvolvimento de indicadores e drivers de internacionalização nos eixos do Ensino, Pesquisa e Extensão, não somente fortalecendo nossas instituições, mas também as projetando em nível nacional e internacional.

Autor: Comunicação Social ACAFE
Fonte: Gabinete da Secretaria Executiva da ACAFE